Notícias

Jogos Pan-Americanos


    (24/01/07)  

Ao lado: Baía de Guanabara

A equipe que representará o Brasil no torneio de vela dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em julho, será definida de 4 a 11 de fevereiro, na Baía de Guanabara, no Rio. A seletiva, chamada de Pré-Pan, será aberta para oito classes: J24, Lightning, Hobbie Cat 16, Snipe, Sunfish, Laser Standard (masculino), Laser Radial (feminino) e Windsurf RS:X (masculino e feminino). Os velejadores nacionais mais bem colocados serão convocados pela Federação Brasileira de Vela e Motor (FBVM), organizadora do evento.

Esporte que mais medalhas olímpicas deu ao Brasil (14), a vela quer contribuir com bons resultados no Pan. Vamos certamente formar uma equipe bastante competitiva e ajudar o país na busca de medalhas neste Pan tão especial, diz Lars Grael, responsável pelas áreas esportiva e técnica da vela junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O ano de 2007 é muito importante, com um calendário que inclui também eliminatórias internacionais para os Jogos Olímpicos de 2008.

O velejador Alan Adler, outro responsável pela vela junto ao COB, também mostra-se otimista. Estamos muito animados com esse primeiro grande evento do ano. Acreditamos que nos próximos dias poderemos inclusive anunciar a adesão de patrocinadores à Pré-Pan .

A Pré-Pan reunirá vários destaques do esporte no Iate Clube do Rio de Janeiro. Na Laser, por exemplo, Robert Scheidt, tricampeão pan-americano, bicampeão olímpico e octocampeão mundial, vai tentar garantir sua vaga. O atleta, que se dedicou ao lado de Bruno Prada à classe Star em 2006, perdeu a primeira seletiva, em outubro, para André Streppel.

Outra atração é Ricardo Winnick, o Bimba, atual campeão pan-americano de Mistral e quarto colocado na Olimpíada de Atenas. A classe passou por mudanças e agora tem o nome de RS:X. Na Lightning, o duelo deverá ser entre os campeões pan-americanos Mario Buckup e Cláudio Biekarck e o campeão da última Pré-Pan George Rider. Na J24, o barco de Maurício Santa Cruz, atual campeão mundial e ganhador da medalha de prata em Santo Domingo, é um dos destaques, ao lado da tripulação de Daniel Glomb. Já os atuais campeões pan-americanos Bruno Bethlem e Dante Bianchi tentarão defender o título na Snipe. Na Laser Radial, Adriana Kostiw venceu a primeira seletiva.

Das oito classes, apenas a RS:X é aberta a estrangeiros. Todas as outras reunirão apenas brasileiros. As inscrições poderão ser feitas até o dia 4, dia de abertura do evento.

Em Santo Domingo, em 2003, o Brasil foi o maior vencedor da vela nos Jogos Pan-Americanos, que teve disputa em oito classes. Foram três medalhas de ouro e uma de prata, na frente dos americanos, que conquistaram dois ouros. As medalhas brasileiras de ouro foram conquistadas na Laser (Robert Scheidt), Mistral (Bimba) e Snipe (Bruno Amorim e Dante Bianchi). A prata ficou com a J24 (Maurício Santa Cruz, Daniel Santiago, João Carlos Jordão e Alan Adler).

Em toda a história, os brasileiros conseguiram 55 medalhas nos Jogos Pan-Americanos, sendo 24 de ouro, 20 de prata e 11 de bronze.

Fonte: ZDL - João Pedro Nunes / www.boia1.com.br