Notícias

Tradicional regata capixaba, Volta da Taputera, do Iate Clube do Espírito Santo


    (22/05/11)  

Neste sábado,19, e domingo, 20, foi realizada a mais tradicional regata capixaba, Volta da Taputera, do Iate Clube do Espírito Santo,(ICES). Em sua 57º edição, a competição teve a presença de mais de 100 velejadores e 70 embarcações, nos dois dias de disputa.

No sábado foi a vez dos veleiros de oceano (das classes RGS1, RG2 e Bico de Proa) irem para o mar. A equipe do “ Aventureiro” do comandante Rodrigo Stephan, cruzou a linha de chegada em 1 º lugar oito segundos a frente da equipe do “ Phanton of The Opera”, do comandante Renato Avelar. Em um dia de muito sol, e vento de aproximadamente de cinco nós, a regata foi marcada por uma disputa acirrada entre os primeiros lugares.

“Largamos em último lugar, fomos ganhando posição, a disputa foi muito acirrada a equipe do Aventureiro nos ultrapassou na linha de chegada. A Taputera deste ano foi sensacional, uma expressiva participação dos nossos velejadores”, ressaltou o velejador Renato Avelar.

No domingo, com sol tímido e vento de fraco a moderado, os Monotipos e o Windisurfing deram um colorido a baia de Vitória. 60 embarcações marcaram presença na competição, no total sete classes de monotipos (Snipe, Trindade, Optmist, Laser radial, Laser standard, Hobbie Cat 16, Dingue) e três de Windisurfing ( formula experience, fórmula windsurfing e start) competiram.

Em sua 57ª edição, a volta do Hobbie Cat 16, marcou a competição. O velejador Bruno de Menezes junto com Licínio Moura, lideraram toda a competição e cruzaram a linha de chegada com grande diferença do segundo colocado Luis Flores e Julio César Marques. “Das 19 Taputeras que corri essa foi a mais difícil, o vento estava inconstante o que nos demandou muita atenção”, disse o vencedor Bruno de Menezes.


Para Bruno a maior dificuldade foi em frente ao Penedo, no canal de Vitória. “No penedo é o ponto mais critico. É estreito e tem uma pedra muito alta e impede os ventos. É necessário ter boa visão e perceber de onde esta vindo o vento. A Volta da Taputera de 2011 foi muita técnica e muita emoção”.

Para o diretor de vela do ICES, William Brown, a Volta da Taputera 2011 foi de superação. “Nesta edição da Taputera o vento parado prejudicou um pouco os velejadores, mais quem soube aproveitar as rajadas de vento conseguiu um bom resultado. Foi muito gratificante ver grande parte dos nossos velejadores na água, isso mostra o quanto a Volta da Taputera é tradicional aqui em nosso estado e nacionalmente”.

Confira o resultado:

Sábado – Classe Oceano
FITA AZUL (primeiro veleiro a cruzar linha de chegada)
AVENTUREIRO

Classe RGS1
1ºlugar : AVENTUREIRO – RODRIGO ESTEPHAN
2º lugar: PHANTON OF THE OPERA (Locamaxx) – RENATO AVELAR

RGS2
1º lugar: DRAKKAR VIKING – RODRIGO HAJE
2º lugar: SIRIUS III – MARIO AGUIRRE

BICO DE PROA
1º lugar: GUANACO – JANIO RIGO
2º lugar: ALOHA- RONALDO DAMASIO DE JESUS

Domingo: Monotipos e Windisurfing

Classe Optmist Estreante

1º lugar – Carolina Soprani
2ºLugar – Cynthia Herkenhoff
3º lugar – Natalia Soprani

Classe Trindade

1º lugar – Fernando Carvalho e Beto Maioli
2º lugar – Everton Zouain Campos e Alexandre Tirone Cantarella
3º lugar - Arildo da Silva Alves e Lucas Eller

Classe Dingue

1º André Felipe dos Santos e Eric Menezes
2º lugar – Cartiane Martins e Sara Marinho
3º lugar – Antonio Carlos e Rafael Menezes

Classe Laser Radial

1º lugar – Julietty Tesch
2º Gabriel Firme

Classe Standard

1º lugar- Marlon Oliveira
2º Lugar Louise e Adhara Ginaid
3º Fabiano Porto

Classe Snipe

1ºlugar- José Henrique e Francisco Kuling
2º Rodrigo Haje e Bruno Falco

Classe Hobbie Cat 16

1º lugar – Bruno de Menezes e Licínio Filho
2º Luiz Flores e Julio César Marques

Fonte: ICES
Fotos: BeG Fotografias